A Instituição

Insfraestrutura

Infraestrutura
A FARO por estar instalada numa área de reserva ambiental, possue edificações compatíveis com esse ambiente. Suas dependências foram construídas num conceito de arquitetura de forma a harmonizar conforto, praticidade, beleza e segurança, com o cenário de uma fazenda da época do Brasil colonial.
Faculdade de cima
As salas atendem a requisitos de dimensão, limpeza, iluminação, acústica, ventilação e outros que garantem a comodidade de alunos e docentes. No laboratório de informática, todos os computadores possuem configurações de hardware e software atuais e acesso à internet (conexão banda larga).
A relação entre terminais/alunos, atualmente, apresenta-se mais favorável que o máximo recomendado pelo MEC (1 para cada 30 alunos matriculados). A biblioteca do CEAVAP pode ser considerada como uma das mais bem montadas, entre todas as instituições de ensino superior da região.

Laboratórios

Laboratórios
A Faculdade de Roseira/FARO tem um total de 11 laboratórios utilizados para fins didáticos e de pesquisas a nível de iniciação científica, todos com acervos constituídos a partir de elevados investimentos financeiros na aquisição de instrumentos tecnológicos de ponta, com o objetivo de proporcionar aos estudantes o acesso à tecnologia durante as aulas práticas.

• Informática
• Químicas e Controle Ambiental
• Microbiologia e Bioquímica
• Eletricidade e Física
• Elementos de Máquina
• Operações Unitárias e Fenômenos de Transporte
• Topografia e Mecânica dos Solos

• Solda e Brasagem
• Mini Baja
• Ecologia e Botânica
• Metodologias Ativas
• Núcleo de Práticas Jurídicas
• Salão do Júri e de audiência simulada
• Livre Pensamento.

Administração

Direção Geral :
Prof. Ueverton Pinhate de Sousa

Direção Acadêmica:
Dra. Alcinéa Guimarães de Castro

Coordenação de Curso:

Engenharia Quimica
Dra. Hellen Cristiane Macedo 

Engenharia Mecânica
Dr. Jorge Pasin de Oliveira

Engenharia Civil
Me. Victor Pioltine

Engenharia Elétrica
Me. Sylvio Fernando Veiga

Engenharia Ambiental
Dra. Alcinéa Guimarães de Castro

Direito
Me. Marcelo Augusto Travezani

A FARO, para os efeitos de sua administração, sob a supervisão da mantenedora, compreende órgãos deliberativos e normativos, órgãos executivos e órgão suplementares e complementares. São deliberativos e normativos: o conselho superior (CONSU), o conselho de ensino e pesquisa e os colegiados de cursos. São órgãos executivos da instituição a diretoria e as coordenações de cursos. A estrutura administrativa da FARO está apresentada abaixo:

A Avaliação Institucional é instrumento capaz de permitir a reflexão da instituição sobre o planejamento na melhoria da qualidade, democratização e transparência nas IES.

A FARO anualmente aplica avaliações que englobam diferentes dimensões da instituição, por professores, alunos e técnico-administrativos, em conformidade com a lei nº 10.861, em seu artigo 3º, e Nota Técnica INEP/DAES/CONAES Nº 065 de 2014.

A CPA empenha-se em considerar as diferentes dimensões institucionais, organizadas nos seguintes eixos: Planejamento e Avaliação Institucional, Desenvolvimento Institucional, Políticas Acadêmicas, Políticas de Gestão e Infraestrutura Física. Cabe enfatizar que a Avaliação Institucional não pode se resumir à contabilidade e mensuração de indicadores quantitativos, mas sim atribuir significados sobre a organização e gestão institucionais, levando em consideração a trajetória histórica e contextual da FARO, sua localização social e as relações que desenvolve para a realização de seus fins, não tendo a pretensão de apresentar conclusões absolutas na autoavaliação, mas um permanente processo de debate, desenvolvimento e amadurecimento institucional, no sentido de oferecer subsídios concernentes ao Planejamento e Evolução da FARO, sendo este o maior desafio desta Comissão e da comunidade universitária da IES.

Faça um tour pela FARO

Mapa da instituição
VESTIBULAR E MATRÍCULA
INGRESSE NA GRADUAÇÃO
sem sair de casa!

100% ONLINE

Baixe agora mesmo:

POR DENTRO DA FARO